Federação bancária europeia diz que bancos devem justificar às Empresas porque recusam créditos

A Federação Europeia de Bancos anunciou que adotou princípios orientadores sobre a informação que os bancos devem prestar a pequenas e médias empresas (PME) quando estas pedem financiamento, nomeadamente de que devem indicar os motivos quando recusam dar crédito.

Segundo a informação divulgada pela Associação Portuguesa de Bancos, que pertence à federação europeia, estes princípios foram construídos em diálogo com a Comissão Europeia e organizações europeias de PME e definem que os bancos devem informar as PME do que devem apresentar numa candidatura a um crédito e em linguagem compreensível e dos dados adicionais que podem melhorar o pedido de empréstimo.

Além disso, a federação europeia de bancos defende que estes devem dar informação às PME sobre os motivos que levaram à recusa de concessão de crédito.

“A banca tem um papel chave no apoio ao crescimento das empresas, através do crédito que concede, a par de outras fontes de financiamento complementares, que podem igualmente ser relevantes.

Vemos, por isso, como natural que o sector bancário possa dar um contributo de caráter mais pedagógico para um reforço dos conhecimentos financeiros das empresas”, disse em comunicado Faria de Oliveira, presidente da APB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *